Fazenda Aberta | Propriedades certificadas

Com mais de 100 propriedades cadastradas e ofertadas em menos de 6 meses, a Fazenda Aberta já se prepara para lançar mais um produto no mercado: a Certificação FA. Por meio da certificação, será possível autenticar diversas informações referentes às propriedades anunciadas, como, por exemplo, titularidade, reserva legal e eventuais débitos fiscais.

Este novo produto, com abrangência nacional, surge de um problema crítico no momento de procurar um imóvel rural na internet, que é a credibilidade das informações veiculadas.

Infelizmente, ainda é comum as pessoas se depararem com ofertas falsas, equivocadas ou defasadas nos principais portais que ofertam imóveis rurais. Pensando nisso, o portal Fazenda Aberta contará com espaço exclusivo de propriedades certificadas. Assim, os usuários poderão ir em busca de um imóvel rural pela internet com maior segurança e transparência.

Confira alguns dos pontos checados e inclusos no serviço de certificação:

  • Titularidade;
  • Ônus e gravames;
  • Georreferenciamento;
  • ITR e CCIR;
  • Reserva Legal;
  • Filmagem com drone;

Veja uma propriedade certificada:

 

Certifique sua propriedade

O serviço de certificação já está disponível para todos que queiram anunciar suas propriedades rurais. Caso tenha interesse, basta deixar seu contato nos comentários ou falar diretamente com a gente pelo e-mail contato@fazendaaberta.com.br ou (17) 9971-48300 (whatsapp).

Sobre a Fazenda Aberta

A falta de informação sobre as principais características de uma propriedade rural, bem como a sua localização, tornam o momento da compra, venda e arrendamento uma situação crítica para produtores, proprietários, corretores e agroindústria. Tendo isso em mente, a startup Fazenda Aberta, sediada em São José do Rio Preto-SP, lançou o primeiro portal exclusivo para compra, venda e arrendamento de imóveis rurais do Brasil.

De acordo com o último levantamento do IBGE,  existem mais de 5 milhões de propriedades agrícolas no Brasil. Porém, ao contrário do que ocorre no mercado imobiliário urbano, apenas 0,8% dos imóveis rurais estão disponíveis nos classificados digitais existentes com foco para venda. Quando o assunto é arrendamento, esse percentual cai para praticamente 0%.

Mas por que isso acontece? De acordo com Tales Mendes, especialista em agronegócios e co-founder da Fazenda Aberta, “um dos motivos é que os classificados existentes apresentam uma fazenda da mesma maneira que se apresenta um apartamento de 2 quartos, ou seja, oferecem um tratamento inadequado. Por isso criamos a Fazenda Aberta, um portal onde interessados em imóveis rurais poderão procurar ou anunciar com base nas informações que realmente importam“.

A empresa, que teve destaque no primeiro programa de aceleração de startups do Sebrae, aposta na inovação para fazer com que os imóveis rurais ultrapassem os limites das cercas e ganhem o mundo digital.  Para isso, a plataforma conta com uma integração com o Google Maps, permitindo que os usuários visualizem todas as propriedades anunciadas em um mapa dinâmico. Assim, quem acessar pode saber a localização exata dos imóveis, suas limitações, relevos e demais particularidades.

A solução, que é gratuita e responsiva para celular, ainda conta com outros diferenciais, fruto de uma extensa pesquisa com agentes do mercado imobiliário rural, como: conversor de unidades de medida, localização do imóvel por coordenadas geográficas e campos específicos para qualificação adequada de uma propriedade de atividade agrícola ou pecuária.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s